sexta-feira, 30 de janeiro de 2009

Árvore, Pé de Fruta, Pé de Pau, Pé de Flor (Mulher).


Árvore, Pé de Fruta, Pé de Pau, Pé de Flor (Mulher).


Inegável como a chuva que desaba do céu no verão, é a beleza da árvore que dá seu fruto, e sua flor, ou ainda não dá nada, mas se mostra a todos.

Inegável é a beleza da menina que sobe na árvore para comer a doce fruta, e é surpreendida pela chuva, sorri com toda a sua alma, seu corpo, seu ser.

Na árvore trepada sob a refrescante chuva, molhada e alimentada, uma planta de uma mulher, a planta de seu pé no galho da árvore, pé de fruta e pé de mulher.

A flor da planta desaparece, aparece regada pela chuva a flor da mulher, molhada em plena tarde de verão, sorridente e fazendo alarde, flor que pelos olhos chega na alma deste cidadão.

Se tiver fruta, ou flor, é pé de uma ou outra, se nada tem é pé de pau, mas a melhor fruta que qualquer árvore pode ter em seus galhos, traz em si a flor mais desejada pelo homem, uma morena flor de mulher.

Quantas árvores, quantos pés, frutas e flores de pernas para o ar, o homem cai por terra aos pés da mulher, ela sorri e desce da árvore comendo a fruta que pegou com suas mãos.
Anda sorridente e se vai de pés descalços sobre o chão, deixa na terra o caroço da fruta e o pobre homem, ficam no ar sua beleza e o perfume da flor molhada.

Fica a lembrança da flor e da fruta, ficam as pegadas no barro, o delicado desenho dos pés da mulher, aquela que pelos olhos tocou a alma de mais um homem que clama:

-Volta chuva, traz de volta a flor daquela planta, a moça que brotou naquele pé!
Creative Commons License
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons.

3 comentários:

Esterança disse...

Oi Zisco!

Passa lá que tem presentinho para vc!
bjs,

Mirian Mondon disse...

Obrigada pelo presentinho! :)
Vou ver se me viro para conseguir as dez pessoas, meus alunos que sao meus leitores não gostam de brincar hehe, todo mundo correndo, todo mundo estressado em ritmo paulistano desenfreado! rs
Mas mesmo assim obrigada e parabens pela suavidade da menina na chuva!

Avassaladora disse...

Ei, Moço!
Que bom te encontrar aqui.
Estive lendo vc!
Lindos textos os seus!
Gostei, que quando escolhe um tema, fica nele...
Bom te conhecer, no virtual, mas tá valendo!



Beijos avssaladores!